Seguro Fianca
Étic Imóveis

O Seguro Fiança, conhecido também como Seguro Fiança Locaticio, é uma das modalidades mais buscadas por donos de imóveis pelo fato de que é muito seguro e deixa o proprietário tranquilo de que vai receber os alugueis em dia e o imóvel da mesma forma que foi entregue ao inquilino.

Neste post iremos abordar os seguintes temas:

Como funciona o Seguro ?
Quem pode fazer Seguro ?
Quais documentos são necessários para o Seguro ?
Como fazer um Seguro Locaticio ?
Novas Regras do Seguro Locaticio (Março 2020)
Quanto custa um Seguro Locatício ?
Quais as Coberturas do Seguro Locatício ?

Como funciona o Seguro Fiança ?

O Seguro fiança é um tipo de garantia, como o do fiador, em que o interessado em alugar um imóvel faz o pagamento a uma empresa financeira para que ela se responsabilize por suas obrigações contratadas na assinatura do contrato de locação. Para esta garantia o banco faz uma análise específica do perfil do cliente e cobra um valor para ser o “responsável” pelas contratações feitas neste contrato de aluguel.

É importante ressaltar que o seguro fiança não é apenas referente ao valor do aluguel e ele pode incluir outras questões que também irão influenciar no valor final.

Alguns proprietários preferem dividir o valor do seguro fiança para obter uma segurança de ter um aluguel “garantido”. Isso depende de cada caso mas, na maioria das vezes, o custo fica para o Inquilino.

Dentre os diversos tipos de garantias de aluguel que existem, o seguro fiança pode ser considerado uma das mais seguras ao dono do imóvel.

Quem pode fazer Seguro Fiança ?

O Seguro Fiança pode ser feito tanto para Pessoas Físicas quanto para Pessoas Jurídicas.

Vale lembrar que os documentos e as exigências são diferentes para cada um deles.

No seguro fiança é feita uma análise da ficha do cliente pela seguradora que pode ser: Icatu, Porto Seguro, Bradesco, entre outras, e após a Análise é feita a aprovação ou não do cadastro do interessado.

Apenas após a aprovação conseguimos saber qual valor será cobrado pelo Seguro Fiança.

Quais documentos são necessários para o Seguro Fiança ?

No seguro fiança é pedido os seguintes documentos:

Para Pessoa Física – PF

 

Novas Regras do Seguro Fiança (Março 2020)

Até Março de 2020 o seguro fiança era feito de forma anual, ou seja, independente do prazo de contrato de locação o Inquilino pagaria 1x ao ano o valor estipulado na simulação do Seguro Fiança.

Isso era um custo que ficava muito oneroso ao Inquilino, já que além das obrigações de Aluguel, Condomínio e Iptu, ele tinha que arcar com as despesas do seguro fiança anualmente.

Após Março deste ano a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) determinou que o Seguro fiança terá vigência durante o período do contrato como um todo e não mais apenas anualmente. Isto melhora e desonera o Inquilino, que paga apenas uma vez por esta garantia à seguradora.

“O período de vigência do contrato de locação deverá ser o mesmo período de vigência da apólice de seguros. Já a atualização dos limites e prêmios deverão acompanhar o índice e periodicidade definidos no contrato de locação através de endosso e pagamento de diferença do prêmio. Qualquer alteração no contrato deverá, necessariamente, vir acompanhada de documento formal comprobatório pelo locador ou locatário.”

fonte: Seguro Total

Quais Custos de um Seguro Fiança ?

Os custos do seguro fiança variam bastante de acordo com a cobertura e a seguradora.

Imagine o seguro de um carro, depende da região que você mora, do carro, do perfil do cliente, entre outras coisas. Assim, após um cálculo da seguradora, eles geram um valor de acordo com os riscos do perfil ocorrer em um eventual sinistro.

Da mesma forma é feita a análise do seguro fiança residencial. O banco possui um “score” e será consultado o perfil deste cliente em outras fontes, bem como pedida a documentação necessária para comprovar os dados passados a seguradora.

Basicamente a regra é a seguinte: Quanto menor o risco, menor o valor.

Aquela pessoa que sempre foi boa pagadora normalmente paga menos do que alguem que já teve problemas no nome.

Normalmente os valores de seguro fiança giram em torno de 1.5x (vezes) o valor do aluguel. Isso pode ser considerado pacote (Aluguel, condominio + Iptu) ou apenas do aluguel. Depende como é acordado na contratação do seguro.

As coberturas são um dos fatures que mudam muito o valor pedido pela seguradora em garantia da sua locação, veremos quais coberturas possíveis à seguir.

Quais as Coberturas do Seguro Fiança ?

No Seguro Fiança, assim como nos seguros de carro, podem ser incluídos coberturas adicionais de proteção ao Proprietário.

No seguro de carro podemos colocar: Seguro contra furto e roubo, danos a terceiros, vendaval, enchentes, entre outros.

No seguro fiança residencial é a mesma coisa, ou seja, o segurado pode contratar seguro para:

– Cobertura do pagamento do Aluguel
– Cobertura do pagamento do Pacote ( Aluguel + Condomínio + Iptu)
– Cobertura de danos ao imóvel
– Cobertura de pintura interna e externa d Imóvel
– Cobertura da multa contratual

Ou seja, existem outras coberturas que deixam o dono do imóvel mais seguro mas que também encarecem o valor pago pelo responsável.

E aí, o que você achou sobre nosso post sobre Seguro Fiança no Aluguel ?

Deixe seu comentário !

Étic Imóveis

Este artigo foi produzido pela Étic Imóveis. Gostou? Compartilhe suas sugestões e dicas, nossos consultores vão adorar conversar com você. Deixe seu comentário abaixo!